07 fevereiro 2012

Vale mentir por amor?


Vale mentir por amor? “Mentira é mentira”.Verdade é Verdade.
Ok. Mas, alguém dizer que nunca mentiu é uma mentira. Quem nunca “aumentou” – ou diminui –algo pra nos poupar diante dos outros ou poupar os outros?Quem nunca omitiu um fato a uma amiga para não magoá-la? Ou você é daquelas pessoas que sempre prefere falar – ou ouvir – a verdade, não importando as consequências? “Ufa!Falei e está falado!” E tchau? Bênção e agora vire-se com essa “bomba” ? 
"Não gosto de mentiras e falsidades!" Certo, então. Você é um pessoa ética, religiosa e altruísta. Mas, será que você conseguiria passar um dia só dizendo a verdade , nada mais que a verdade? Acredito que você não gostaria de ser “O Super-Sincero” , personagem do Luiz Fernando Guimarães naquele  quadro que passava aos domingos no Fantástico(Globo). Se você é como esse personagem com toda certeza os outros te veem  como anti-social, a "persona non grata", a pessoa mais sem tato e sem "freio na língua" do universo. Isso  seria o começo dos seus problemas em ser sempre sincero.
Para conviver melhor em sociedade  foram criadas as chamadas pequenas mentiras sociais pra você conviver com os outros. A vizinha é chata pra caramba mas, você a trata com educação mesmo que por dentro tem  vontade de dizer umas verdades pra ela. Seu chefe é mal-educado, grosso e antipático?  Mas, você é obrigada a “engolir sapos” até achar um emprego melhor. Seu sobrinho é uma "pestinha" que faz uma desordem todas às vezes que vai até sua casa mas, você nunca falou pra sua irmã porque ela se magoaria e deixaria de frequentar sua casa. 
Porém, as mentiras no relacionamento a dois são um pouco mais complexas. São as chamadas: mentiras de amor. Existe mesmo a mentira de amor? Clique em "Leia mais" pra continuar
Essa é uma das questões levantadas em "Love is The Cure" (O Amor é a Cura - uma fanfic que eu escrevo no site Nyah! Fanfiction). “A verdade liberta mas, também afugenta e magoa" - já dizia um certo filósofo que não me lembro quem. Quando pergunta-se a um homem ou uma mulher sobre o seu casal idealizado , uma das primeiras coisas desejadas em um homem ou mulher é :“Que ele/ela seja sincero/sincera”. Imagine aí seu(sua) love dizendo na lata sobre seu pneuzinho, suas celulites ou reclamando que você ronca ou que você deveria parar de comer tanto chocolate se não você viraria uma "Free Wily" (a baleia do filme). Ah, mas seu "love" é sincero do jeito que você gosta e você também mereceu ouvir essas verdades para seu bem. Afinal, você ama a sinceridade dele e faria o mesmo ,não é mesmo? Mas, essas verdades magoam ...
Existem mentiras de "amor" bem piores. Você deu uma leve "escorregada" ficando com outra pessoa mas, se arrepende amargamente por amar seu(sua) companheira. Omitir que foi fraco e que traiu é - pra alguns - é uma  mentira de amor pois, você não quer perder quem você ama por causa de um "deslize" que nunca mais vai acontecer (será?)
Bom, na  fanfic que eu  escrevo o personagem principal se sente pressionado em ser sincero ou continuar a mentir sobre sua situação para sua amada. Seu relacionamento passado  foi fadado ao fracasso porque  não foi sincero sobre os sentimentos e ficou junto à outra pessoa sem amor, apenas por conveniência. E agora ele está numa encruzilhada de contar ou não ao seu novo amor, algo muito grave. Mas, ele está aterrorizado pela reação que a namorada poderia ter com a verdade.
“Eu falaria tudo sobre minha doença e a convenceria a dar-nos uma oportunidade, uma chance para nós dois. Eu esperava, eu estava confiante depois que ouvi as palavras do médico, que tudo daria certo. Minha saúde e meu corpo estavam em boas mãos(...)
(...)meu coração estava inteiramente nas mãos dela.Mas ele estaria pronto pra ouvir que ela me deixaria?” 
Racionalmente, o herói desse drama sabe que ser sincero com seu novo amor é primordial antes de seguirem em frente com esse relacionamento. Porém, ele descobre que é uma pessoa cheia de defeitos. E que um dos principais defeitos é ser egoísta. E que por achar que ama demais tem medo de perdê-la quando ela descobrir sobre seu problema.
Okay. Não estou fazendo apologia à mentira ou menosprezando a verdade. Só quero acirrar os sentimentos contraditórios do personagem nessa fase da estória e assim, acirrar os pensamentos dos leitores e leitoras sobre se o personagem deve ou não falar a verdade, não importando os prejuízos que ocorreriam para ele no futuro... Se ele escolher a verdade estará nas mãos de seu amor. Somente a namorada escolherá ou não em apostar na relação entre os dois. Será que ela terá maturidade e serenidade para aceitar uma possível falta de um futuro entre os dois? Ela o perdoaria  por essa “omissão”? Se ele escolher a mentira,  e estará nas mãos novamente do destino que não dá segundas chances e que sempre pune com uma reação em relação a ação de mentir.
As consequências de uma mentira – omissões, pequenas mentiras, mentiras sociais - podem ser devastadoras ...
Mesmo para as “mentiras de amor” , mentirinhas que contamos ou coisas que omitimos do outro – tipo : não falar pra o namorado que um ex mandou uma mensagem pra você no facebook, “omitir” que uma colega se insinuou pra você, “camuflar” seus defeitos sendo uma pessoa idealizada apenas para conquistar a pessoa amada ... – só fazem mal a quem mente (porque você não consegue ter paz na consciência) e a “vítima” dessa “mentira de amor”(que pode ser você também). Aquele que mente, acaba com as chance de o amor dar certo. Porque o verdadeiro amor não sobrevive de mentiras... ilusões. Às vezes viver se faz mais fácil quando fechamos os olhos para algumas "mentirinhas"... Porém, viver sem conseguir colocar nossa cabecinha em paz sobre nossos travesseiros é duro! Eu não conseguiria!
E para completar um pensamento, pessoinhas:
“Passamos a amar não quando encontramos uma pessoa perfeita , mas quando aprendemos a ver perfeitamente uma pessoa imperfeita” – San Kenn

Um grande spoiler para estória?Talvez...num conto não, viu? rsrsrs Mas, nesse texto você pode achar duas linhas que posso seguir para os próximos capítulos de "Love is the Cure". Um conselho para o herói desse drama e para todos nós? Diga sempre a verdade para alguém que você ama. Mesmo que você seja a pessoa que mais sofra... E acredite sempre no amor e no perdão. Gostou do texto? Ficaram curiosos? Quer ler minha fic? Ela está AQUI

7 comentários:

  1. Na minha opinião, não importa os motivos e medos... Nunca a mentira êh o caminho mais sábio! Ele deve contar tudo a ela. Se não contar êh porque não confia no amor dela por ele e isso poderá afasta-los quando ela descobrir! Bjos,
    PATYPATT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, PATYPATT que a mentira pode ser o caminho mais curto para acabar com o amor.

      Excluir
  2. Ele deve contar a verdade, claro!

    ResponderExcluir
  3. Eu entendo sobre o que vc fala, mas o Edward guarda um segredo grande e o plano dele - ta certo que ver do lado de fora é mais fácil - é falho. Ele contando a vdd teria muito mais que o apoio dela, deveria confiar nela. Eu não posso ser hipócrita e dizer: "eu nuca minto", mas acho que se não podemos falar algo bom, simplesmente não falamos.

    Bem resumindo... ele deve contar XD

    bjs.: Bird_of_prey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Realmente o plano dele é falho *spoiler* algo acontecera ao futuro deles e será por causa dessa mentira...

      Excluir